• Cibele Nardi

Síndrome da Impostora



Gostei muito da forma que Sheryl Sandberg, no seu livro "Faça Acontecer", aborda as barreiras internas e invisíveis que as mulheres criam e que as impedem de assumir seu lugar, a se posicionar, a equilibrar vida pessoal e profissional etc. Estas barreiras são crenças, são modelos mentais, são hábitos de pensamento que todos temos e que influenciam nossas atitudes e decisões. Aí que está o problema. Como lidamos com eles, como reagimos a eles. A boa notícia é que podemos lidar melhor com eles. O primeiro passo é compreender que o pensamento/crença é uma ilusão. O que mais gostei foi o insight sobre a Cilada da Síndrome da Impostora. Na prática é assim: as mulheres geralmente se sentem indignas e culpadas quando recebem reconhecimento, como se houvesse ocorrido um engano e logo serão desmascaradas (?!). A crença limitante mais comum do ser humano é a de que não somos bons o suficiente. Costumamos dar o nome de insegurança, falta de autoconfiança. Trata-se de uma armadilha que o medo de ser pega como incapaz (mesmo não sendo, e na maioria das vezes não é) põe no nosso caminho. Gostei também da Síndrome da Coroa: trata-se de acreditar que se continuar a fazer bem o serviço, alguém vai notar e pôr uma coroa na sua cabeça. Acreditamos que este é um processo natural e automático, uma meritocracia perfeita. E perfeição não existe, não é?

#confiança #carreira #atitude #motivação #mudanças

51 visualizações

​© 2014 por Cibele Nardi

Cibele Nardi Escritório de Coaching

São Paulo - SP

  • White YouTube Icon
  • Instagram - White Circle
  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • LinkedIn Limpa